Categorias: Plantas

Transforme sua casa com estas 8 plantas que purificam o ar

Melhore o ar da sua casa com essas 8 plantas purificadoras, conhecidas por seus incríveis benefícios para a saúde.

Ter plantas em casa não só embeleza os ambientes, mas também traz inúmeros benefícios à saúde e ao bem-estar. Algumas espécies, em particular, são conhecidas por suas propriedades purificadoras, capazes de melhorar significativamente a qualidade do ar. Conheça 8 plantas que, além de decorativas, ajudam a purificar o ar e tornar seu lar mais saudável.

Lírio-da-paz

O lírio-da-paz é uma das plantas mais eficazes na purificação do ar. Além de aumentar a umidade do ambiente em até 5%, esta planta também elimina substâncias químicas e micróbios que causam alergias. Ideal para quartos e salas, o lírio-da-paz gosta de locais quentes, com pouca luz e sem exposição direta ao sol.

Babosa

Conhecida também como aloe vera, a babosa é famosa por suas propriedades desintoxicantes e anti-inflamatórias. De acordo com a NASA, esta planta é uma das que mais produzem oxigênio, melhorando a qualidade do ar. A babosa é fácil de cuidar e requer luz solar direta.

Espada-de-são-jorge

A espada-de-são-jorge é amplamente reconhecida por sua capacidade de filtrar toxinas do ar e liberar oxigênio. Além disso, é uma planta de fácil manutenção, que se adapta bem a ambientes com meia-sombra. Segundo a crença popular, ela também protege contra energias negativas.

Clorofito

O clorofito é pequeno, mas poderoso quando se trata de limpar o ar. Ele filtra odores, fumaça e mantém altos níveis de oxigênio no ambiente, melhorando a qualidade da respiração e do sono. Deve ser cultivado em locais iluminados e regado semanalmente.

Pau d’água

O pau d’água não só traz frescor e beleza ao ambiente, mas também purifica o ar, filtrando gases e poluentes. É uma planta de fácil cultivo e manutenção, mas é importante manter suas folhas limpas para uma filtragem eficiente.

Hera

Além de seu apelo decorativo, a hera é eficaz na redução de mofo no ar, prevenindo alergias e irritações pulmonares. Adaptável a diferentes níveis de luz, esta planta deve ser mantida fora do alcance de crianças e animais, pois é tóxica quando ingerida.

Jiboia

A jiboia é uma planta de crescimento rápido e fácil manutenção, que purifica o ar e melhora a qualidade do sono. Ela se adapta bem a ambientes com pouca luz direta e suporta lugares com ar-condicionado.

Palmeira areca-bambu

Também conhecida como palmeira de jardim, esta espécie é excelente para filtrar toxinas como o benzeno e outros poluentes, tornando o ar mais limpo e saudável. Ela é uma ótima opção para quem busca melhorar a qualidade do ar em casa.

Benefícios adicionais das plantas purificadoras

Além de purificar o ar, essas plantas proporcionam uma série de benefícios adicionais que contribuem para a saúde e o bem-estar. Elas ajudam a reduzir o estresse e a ansiedade, melhoram a umidade do ar e promovem uma sensação de calma e tranquilidade. Estudos mostram que a presença de plantas pode aumentar a produtividade e a criatividade, tornando os ambientes mais agradáveis e convidativos.

Como cuidar das plantas purificadoras

O cuidado adequado das plantas é essencial para garantir que elas desempenhem suas funções purificadoras de maneira eficaz. Cada planta tem suas necessidades específicas de luz, água e solo, e entender essas necessidades é fundamental para mantê-las saudáveis.

Lírio-da-paz: Esta planta prefere ambientes com pouca luz e deve ser mantida longe da luz solar direta. Regar regularmente, mantendo o solo úmido, mas não encharcado, é crucial para o seu crescimento.

Babosa: A babosa precisa de luz solar direta e deve ser regada apenas quando o solo estiver completamente seco. É importante evitar o excesso de água para prevenir o apodrecimento das raízes.

Espada-de-são-jorge: Esta planta é muito resistente e pode prosperar em condições de pouca luz. Regar moderadamente, permitindo que o solo seque entre as regas, é o ideal.

Clorofito: O clorofito prefere locais bem iluminados, mas sem exposição direta ao sol. Regar uma vez por semana é suficiente, ajustando conforme a umidade do ambiente.

Pau d’água: Manter o pau d’água em um local com luz indireta e regar regularmente é essencial. Limpar as folhas periodicamente ajuda a maximizar sua eficiência na purificação do ar.

Hera: A hera é bastante adaptável, mas deve ser regada regularmente e mantida em locais com boa circulação de ar. Manter a planta fora do alcance de crianças e animais é crucial devido à sua toxicidade.

Jiboia: Esta planta é fácil de cuidar e pode prosperar tanto em ambientes iluminados quanto com pouca luz direta. Regar moderadamente, permitindo que o solo seque entre as regas, garante um crescimento saudável.

Palmeira areca-bambu: A palmeira areca-bambu prefere luz indireta e deve ser regada regularmente, mantendo o solo levemente úmido. Esta planta também beneficia de uma pulverização ocasional para manter as folhas frescas e livres de poeira.

Integrando plantas purificadoras na decoração

Integrar essas plantas na decoração da sua casa não só melhora a qualidade do ar, mas também adiciona um toque de natureza e beleza ao ambiente. Aqui estão algumas ideias de como incorporar essas plantas de maneira estilosa e funcional:

Cozinhas e banheiros: Plantas como a babosa e a espada-de-são-jorge são ideais para esses ambientes devido à sua capacidade de filtrar toxinas e suas necessidades de luz e umidade que se alinham bem com essas áreas.

Sala de estar: O lírio-da-paz e o clorofito são perfeitos para salas de estar, pois não só purificam o ar, mas também adicionam um toque de elegância e frescor.

Quartos: Para melhorar a qualidade do sono, a jiboia e a palmeira areca-bambu são ótimas escolhas. Elas ajudam a manter o ar limpo e oferecem uma presença tranquilizadora.

Escritórios em casa: O pau d’água e a hera são ideais para escritórios domésticos, pois ajudam a aumentar a concentração e a produtividade, além de manter o ambiente saudável.

Curiosidades sobre plantas purificadoras

É interessante notar que muitas dessas plantas foram estudadas pela NASA para uso em estações espaciais. A pesquisa revelou que certas plantas são extremamente eficazes na remoção de poluentes do ar, como formaldeído, benzeno e tricloroetileno, substâncias comumente encontradas em materiais de construção e produtos de limpeza domésticos. Estas plantas não só melhoram a qualidade do ar, mas também ajudam a criar um ambiente mais saudável e sustentável, tanto na Terra quanto no espaço.

Posts Recentes

Cozinha pequena? Veja como torná-la funcional e organizada

Aprenda a maximizar o espaço em cozinhas pequenas, utilizando prateleiras, armários embutidos e bancadas otimizadas. Transformar uma cozinha estreita em… Leia Mais

Segredos dos decoradores: como usar tapetes para valorizar ambientes

Saiba escolher o tapete ideal para cada ambiente da sua casa e evite erros comuns na decoração. Essenciais em qualquer… Leia Mais

Transforme seu banheiro com os melhores modelos de vasos sanitários

A escolha do vaso sanitário certo pode transformar a funcionalidade e o estilo do seu banheiro. Descubra como escolher o… Leia Mais

Como escolher a argamassa ideal para cada etapa da construção

Descubra os diferentes tipos de argamassa e como utilizá-los para obter os melhores resultados na sua obra. A argamassa é… Leia Mais

Ralo linear: o toque de modernidade e funcionalidade para seu banheiro

Conheça os benefícios e as características do ralo linear para banheiros e veja como escolher o modelo ideal para o… Leia Mais

Flores de outono: descubra as plantas que brilham na estação das folhas caídas

Conheça 6 plantas que se adaptam perfeitamente ao outono e descubra como cultivar um jardim vibrante mesmo nos dias mais… Leia Mais

Para fornecer as melhores experiências, usamos tecnologias como cookies para armazenar e/ou acessar informações do dispositivo. Não consentir ou retirar o consentimento pode afetar negativamente certos recursos e funções.

Política de Cookies