Como Cultivar Plantas no Vaso?

Categorias: 2021 - Jardim - Jardim de Inverno - Plantas

Saiba aqui a forma correta de cuidar de suas plantas no vaso.

O cultivo através de vasos é a melhor opção para aqueles que dispõem de pouco espaço em suas casas ou apartamentos.



Com o crescimento dos grandes centros, casas pequenas e apartamentos estão cada vez mais na “conta” do povo, por ser uma alternativa econômica, principalmente para aqueles que pretendem morar sozinhos.

E nesse momento temos um dilema, você quer ter um espaço mais próximo da natureza, plantar flores que te agradam ou até mesmo um pequeno jardim com temperos e grãos para consumo próprio, porém, como fazer isso com um espaço pequeno?

E se você se encontra nessas alternativas, saiba que é sim possível cultivar várias plantas e flores com um espaço limitado por meio de vasos, basta saber a forma correta para tal e para isso que estamos aqui, vamos te ajudar.



Siga o texto e ao fim saiba tudo o que é necessário para começar seu “cantinho” de natureza particular.

Primeiro ponto a ser levado em consideração, a durabilidade:

Existe uma concepção comum em que acredita-se que plantas que são cultivadas em vasos tem a durabilidade afetada ou seja, o senso popular diz que essas plantas têm a tendência de ter uma vida curta.

E não, isso é uma mentira, de acordo com profissionais especialistas na área do cultivo, a vida útil dessas plantas não são afetadas desde que sejam tão bem cuidadas quanto aquelas que são cultivadas em solo.

A plantinha deve receber todos os nutrientes necessários, tempo ao sol e água, de acordo com cada espécie, para que se desenvolvam e vivam saudáveis.

Quais são as vantagens e as desvantagens desse estilo de plantio?

De acordo com especialistas em paisagismo, a vantagem visual de cultivar plantas em vaso é incrível, pois dá um toque de charme e cor aos ambientes. Sendo capazes de tornar um cômodo aconchegante e mais natural.

Você pode movimentá-las pelo ambiente e inseri-las em vasos bonitos e se não puder colocar no chão, existe a alternativa de pendurá-las.

A maior desvantagem é que determinados cômodos, com a falta ou excesso da luz que as plantas precisam diariamente, pode acabar machucando-as, além de que precisam de um vaso que comporte confortavelmente a planta para não sufocá-la.

Por esses motivos, é preciso se atentar a esses detalhes para cuidar bem das suas plantas e ainda decorar sua casa com o charme delas.

Confira os 4 tipos de materiais disponíveis para esse tipo de cultivo

Para o cultivo em vasos existem vários tipos de materiais possíveis a serem utilizados nesse momento, você pode até mesmo improvisar com garrafas pet.

Veja quais são alguns dos materiais:

1. Terracota;

Basicamente são vasos feitos de barro e que possuem ótima impermeabilidade e são ótimos para cultivar o ano todo.

2. Madeira;

São vasos resistentes e incrivelmente leves, mas é necessário dar a devida atenção com a madeira, pois existe a possibilidade de desenvolverem fungos ou musgos.

3. Plástico;

São vasos tradicionais e mais comuns utilizados pelas pessoas, fáceis de manuseio e simples em tudo. É somente necessário atenção para que não sejam expostos a muito sol.

4. Cimento;

Esse tipo de vaso é indicado para que fique em áreas externas, se atente ao peso dele antes de manuseá-lo.

Quais são os Substratos mais utilizados?

Os substratos são importantes para que a vitalidade da planta seja fortalecida e para cada espécie é necessário substratos diferentes.

Porém, existem alguns que são "universais" e podem ajudar a maior parte dos tipos de plantas, sendo eles: vermiculita, casca de pinus e compostos que possuem coco em pó.

Confira 3 dicas básicas:

  1. Os compostos feitos com vegetais são excelentes para o cultivo a curto prazo.

  2. Os compostos de terra preta para grandes vasos.

  3. Os compostos de húmus de minhoca misturados com os outros para aumentar seus benefícios.

Tamanhos de vasos

Atente-se para o tamanho ideal para cada tipo de planta, um vaso pequeno e apertado pode sufocar e acabar por matar as raízes da planta.

Como dispor os vasos de forma harmônica

A primeira coisa a se ter em mente é planejamento de espaço, pense sobre as cores e a sensação que você quer passar ao ambiente em que montará seu jardim.

Escolha bem as plantas que deseja cultivar e saiba se combinam com o ambiente em que você deseja inseri-las.

Veja as etapas corretas para o plantio em vasos:

Esse é o momento de colocar os seus aprendizados em prática, siga as etapas para começar o seu pedaço de natureza em casa:

1. Etapa: A escolha do vaso perfeito

Leve em consideração qual planta você deseja cultivar e busque pelo tamanho ideal para que a planta se desenvolva saudável.

2. Etapa: A base de tudo

Monte uma base com cacos de cerâmica, argila expandida ou brita. A base é importante pois evitará que a terra fique encharcada demais com a água, criando uma espécie de sistema de drenagem, evitando o apodrecimento das suas raízes.

3. Etapa: Cubra com uma manta

Para permitir o escoamento da água e a retenção de nutrientes necessários para a saúde da planta a cubra com manta bidim.

4. Etapa: O Substrato

No interior do seu vaso insira o substrato.

5. Etapa: Dia a dia

A partir daqui o trabalho do dia a dia começa, regue bem de forma adequada, deixe o vaso em um lugar que entre a quantidade luz e ar suficientes para a espécie da planta.

Gabriele Souza



Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *