Como Manter a Casa Organizada

Categorias: Casa - Dicas - Organização

Dicas de como manter a organização da casa, tornando-a prática e funcional.



Organizar o interior de nosso lar é como organizar o nosso próprio interior. Faxina, disposição de objetos, substituição de determinados utensílios, conservação de outros. Neste artigo segue algumas dicas essenciais e muito úteis que ajudam a preservar por mais tempo a organização do interior do lar, de modo a facilitar a vida prática, a rotina nos afazeres domésticos.

Para muita gente a tarefa de organizar a casa não é fácil, talvez até quase impossível. Para isso os especialistas analisam as possibilidades e criam soluções que auxiliam esse trabalho, de forma sistemática, de modo afazer manter o ambiente do lar todos os dias limpo e cheiroso.

Começando: qual a melhor, ou melhores maneiras de se manter organizado o interior de uma casa?

Trata-se de uma missão rotineira, ou seja, diária. Essa atividade não precisa consumir horas de trabalho desgastante, mesmo em uma casa razoavelmente grande. A noção a ser passado ao leitor é de uma disciplina para todos os dias, no sentido de não haver acúmulo de tarefas.



A primeira dica é: mantenha as coisas, sobretudo os utensílios, em um lugar definido, para que não seja necessário estar rearranjando toda a arrumação das coisas. A cada dois dias, passe um pano com produto de limpeza sobre esses mesmos utensílios, como eletrodomésticos, por exemplo.

Especialistas afirmam que 20 minutos a meia hora, por dia, é o suficiente para se manter a casa limpa, cheirosa e organizada. Para isso, a disciplina pessoal das pessoas que moram sob o mesmo teto, será o grande diferencial, dicas muito simples:

Evite largar sapatos fora do quarto; não saia da mesa, após as refeições, sem tirá-la; evite pendurar roupas no encosto das cadeiras; entre outros hábitos desleixados cuja mudança não custa quase nada para nós, apenas nossa atenção e um ritmo mais firme. Apenas esses pequenos gestos já solucionam quase metade do problema. Estar atento às coisas e manter as mesmas em seus devidos lugares.

Segunda dica: organizar-se junto à família, pai, mãe, filhos, avós, tios, tal como for o grupo, e colocar todos para colaborar. Preparar um pequeno roteiro a ser seguido com rigor. Tanta gente trabalhando na organização, ao mesmo tempo, faz tudo funcionar muito melhor. Essa tarefa precisa ser realizada diariamente, e não custa nada a nenhum membro da família. Adquirindo um hábito de organização, que não ultrapasse os limites do bom senso, um hábito salutar, equilibrado, a casa estará constantemente em ordem.

Terceira dica: elaborar uma espécie de checklist da faxina, ou seja, uma lista breve de atividades de higienização, desde varrer o chão, lavar o banheiro; a roupa para lavar, passar pano sobre as peças de adorno, tirar pó das coisas, até lavar uma louça. Entre essas tarefas, algumas não são necessárias todos os dias, outras o são, por isso, discriminar os dias para a limpeza menos exigente.

Quarta dica: se você sujou algo, faça a limpeza na hora. Bebeu um café, lave a xícara e a colher; almoçou, jantou, leve o prato, talheres e copos para a pia e lave a sua parte, ou delegue a alguém da casa essa tarefa, enquanto você mesmo, munido de aspirador, ou vassoura, tira os farelos do chão, ao passo que outro membro da família tira a mesa. Portanto, evita prorrogar essas pequenas tarefas, para que não se acumulem.

Quinta dica: essa é a parte econômica. Tente estar satisfeito com o que tem, evite tantos gastos e tantas aquisições. Redescubra os bens que possui e desfrute deles, utilize as coisas. A acumulação exagerada nos faz escravos dos bens materiais. Acumule apenas aquilo que vais realmente utilizar, ou estimar como bom; acumule pouco e utilize isso até o fim da vida, e a organização de sua casa será ímpar.

O quarto é o segundo lar de cada pessoa, portanto, levante pela manhã e já arrume a sua cama. Organizar o próprio quarto é o começo de todo bom administrador. Essa atenção e cuidado com suas próprias coisas, e consigo, expande-se para o cuidado com os demais.

Dicas finais: atenção para gavetas e portas de armários. Verifique se os utensílios dentro desses móveis estão bem dispostos, e de acesso fácil. Mantenha tudo assim, sempre que tiver um tempinho. Portanto, atenção às gavetas e armários da cozinha, banheiro, cômodas, roupeiros.

Por Paulo Henrique dos Santos



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *