Dicas de Decoração – Menos é Mais

Categorias: Decoração - Dicas

A simplicidade e o minimalismo estão em alta quando o assunto é decoração, reforma ou construção. Confira a dicas da tendência.




O conceito de “menos é mais” não é de hoje, e serve para diversas vertentes em nossa vida, como o vestuário e maquiagem. Na decoração então, ele nunca esteve tão em alta.


Retratado por muitos como o estilo minimalista, entende-se por esse que o acúmulo de objetos e coisas dentro da casa tem sido cada vez menor na composição de um ambiente. E é exatamente por esse motivo que ele tem conquistado cada vez mais adeptos que querem se livrar daqueles ambientes “poluídos” e cheios de informações. Além disso, as pessoas buscam esse estilo já que os espaços têm sido cada vez menores e mais práticos. Assim, não há nenhuma necessidade de acumular coisas que não possuem uma função primordial. Por isso, a simplicidade desse modo de vida entrou no gosto popular.


Porém, você deve estar se perguntando: mas como faço para transformar o menos em mais quando relacionado aos âmbitos de construção, reforma e, principalmente, na decoração?




Por isso, nós vamos destacar alguns pontos importantes desse estilo. Basta nos acompanhar na leitura para adquirir mais ideias que podem ser aplicadas na sua casa.

Explicando um pouco mais do conceito


A palavra minimalismo surgiu no século XX, quando se destacaram os movimentos artísticos e culturais em diversos momentos, por meio de manifestos que levavam em voga os elementos fundamentais. O conceito começou a partir de então a ser aplicado tanto na música como nas artes visuais e, principalmente, no design.


Sabendo disso, é importante explicar inicialmente e em termos de consideração que o estilo minimalista não se refere aos ambientes vazios e frios, que não possuem qualquer item de decoração. Na realidade, é muito pelo contrário, já que ele se dedica a evitar o excesso de objetos e de móveis, valorizando aquilo que o espaço tem de melhor. OK.


Mas e agora? Voltando para a ideia de “menos é mais”, queremos deixar claro que isso significa que o ambiente precisa ser acolhedor. Por isso, as texturas, as cores e os tipos de objetos e de móveis precisam remeter a um ambiente que convide a entrar e que remeta tranquilidade.


Iniciando por esses pontos, as tonalidades precisam combinar entre si. Por exemplo, os quartos trazem a tendência de cores mais frias e neutras, contribuindo para a ideia de um local mais clean. Já para os pisos, uma das grandes tendências devido à sua versatilidade é a resina epóxi, já que ela pode adquirir a cor que a pessoa quiser. Assim, garante-se o acolhimento que esse tipo de decoração sugere.


Ainda, na cozinha é preciso apostar em móveis com os tons claros, já que essa é a melhor opção para chegar ao estilo minimalista. Com elegância e sofisticação, a iluminação mais natural também garante uma boa diferença.


E se você pensa que somente os ambientes principais podem contar com o estilo, saiba que as áreas externas também abrigam muitas oportunidades. Em lavanderias, por exemplo, há a possibilidade tornar o local extremamente sofisticado e moderno, dando um ar industrial. Basta apostar nos elementos com cores neutras e que conversam bem entre si, já que esses proporcionam os melhores resultados.

E as decorações?


Se a sua grande dúvida é em relação à decoração minimalista, a palavra é funcionalidade. Respeite a amplitude de cada um dos ambientes, selecionando objetos e móveis de forma criteriosa para compor um espaço. Isso porque algumas pessoas acabam colocando itens que não fazem sentido com o ambiente e, muitas vezes, com os próprios moradores. Essa ideia precisa ser repensada, já que uma casa precisa refletir a personalidade de quem compartilha ela. Em um local cheio de objetos, por exemplo, um quadro lotado de cores pode deixar o espaço ainda mais carregado. Então, tente apostar em algo que faça sentido para você. Isso porque os valores estéticos e os afetivos devem ser analisados quando levado em conta o estilo minimalista.


Sendo assim, analise tudo dentro do seu lar e limpe aquilo que não condiz com a sua realidade nesse momento.


Por Kellen Kunz



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *