Como Limpar Colchões – Dicas e Cuidados


Saiba aqui como higienizar o seu colchão.

Um sono de qualidade é fundamental para termos disposição pela manhã. Entretanto, é cada vez maior o número de pessoas diagnosticadas com algum distúrbio de sono ou que simplesmente não conseguem dormir o tempo mínimo recomendado para descanso. Para conseguir uma rotina de sono saudável, há algumas medidas que devem ser tomadas, desde ter uma dieta balanceada, evitar alimentos e atividades estimulantes antes de dormir e ter roupa de cama limpa.

Tão importante em relação à higiene é manter o seu colchão devidamente limpo. Colchões costumam ser ambientes propícios para acúmulo de poeira e de ácaros, pequenos aracnídeos que medem entre 0,25 e 0,75 mm. Ácaros e pó podem gerar doenças alérgicas, que se manifestam na pele ou nas vias aéreas.


Uma doença comumente causada pelo uso de colchões indevidamente higienizados é a dermatite atópica. Essa doença se manifesta através de placas avermelhadas na pele, gerando coceira incessante. Em crianças, podem aparecer no rosto e em dobras, como joelhos e cotovelos. Mas, em geral, podem ocorrer em todo o corpo.

Embora o colchão seja o maior vilão, muitas vezes por ter a limpeza negligenciada, é importante ter atenção a travesseiros, roupas de cama, pelúcias e demais acessórios no quarto, que também podem armazenar ácaros. Os bichos de pelúcia, em função do pelo sintético, tendem a acumular mais poeira. As roupas de cama devem, preferencialmente, ser de algodão, sendo lavadas constantemente.

A mecânica da doença

O funcionamento do nosso corpo é afetado diretamente quando não tomamos medidas higiênicas no ambiente do sono. Isso porque a nossa pele, durante o dia, desempenha a importante função de proteger nosso corpo de agressores externos. Mesmo numa rotina simples, estamos expostos aos raios do sol, correntes de ar e poluição. A pele, portanto, é uma importante barreira contra elementos externos. À noite, durante o sono, enquanto nossa mente fica imersa nos mais distintos sonhos, a pele se regenera para, no dia seguinte, continuar sua função de proteção. Ou seja, é nesse momento em que ficamos expostos às mazelas que pó e ácaros podem causar.



Além disso, é importante destacar que enquanto dormimos, o corpo passa por um processo generalizado de regeneração. Por isso é que o sono de qualidade é importante para os mais diversos fins, seja para possibilitar ganhos musculares para quem faz atividade de hipertrofia até dar maior apetite sexual. Durante a noite, diversos hormônios são liberados, como os relacionados ao crescimento e os que produzem elastina e colágeno. É no descanso que o corpo libera também a melatonia, que possui função de combater o envelhecimento celular. Há um tipo de ácaros, os Dermatophagoides, que se alimentam justamente de células mortas.

Limpeza de colchões

Afinal, qual o método mais eficiente para limpar o colchão de sua cama? É evidente que, diferente da roupa de cama, não é possível jogar o colchão na máquina de lavar. Tampouco é aconselhável esfregá-lo com água e sabão. A forma mais indicada de limpeza é utilizar aspiradores de pó. A poeira é o habitat dos ácaros. Em uma grama de pó podem ser encontrados 40.000 ácaros. Estipula-se que, durante um ano, seu colchão acumule 750 mil ácaros.

Por isso, é indicado que se utilize aspirador de pó nos colchões uma vez a cada 06 meses, no mínimo. Há alguns modelos indicados, como o limpador inteligente Vivenso, da marca Pro-Aqua. A empresa afirma que ele é capaz de remover até 99% de bactérias, fungos e ácaros, mesmo em estofados. A marca Raibow também possui aparelhos com eficiência na limpeza de colchões. Caso não tenha interesse em adquirir esses aspiradores de pó, há empresas que oferecem esse serviço de limpeza. Um aspirador apropriado pode atingir 20 cm de profundidade em sua limpeza.

Para limpar apenas a superfície, é possível espalhar bicarbonato de sódio no colchão, de forma suave. Após uma hora, aspire o pó. Outra alternativa é borrifar o estofado com uma solução de água oxigenada e bicarbonato de sódio (5 colheres de bicarbonato adicionados em 300 ml de água oxigenada). Deixe secar por algumas horas.

Por Luís Fernando Santos

Deixe o seu comentário