O problema da pichação e como se proteger





Como evitar que a pichação ocorra?

A pichação é um problema crônico da sociedade e que acaba prejudicando centenas de pessoas todos os dias. Cometido na maioria das vezes por jovens, os garranchos poluem visualmente as cidades, causam prejuízo para as pessoas e empobrecem o visual.

A falta de policiamento e de punição eficaz facilitam a epidemia da falta de respeito e acobertam o vandalismo óbvio e absurdo dessa prática. As ações que visariam inibir a prática são muito difíceis de serem realizadas, principalmente porque dependeriam de uma conscientização da juventude e de um aumento da segurança pública, duas ações que sozinhos não conseguiríamos realizar.

Quando não há remédio que cure, há modos de prevenção. Segue abaixo uma lista que pode ajudar a evitar essa prática horrorosa ou então evitar a reincidência.

1. Invista na iluminação – lugares mal iluminados favorecem a prática de pichação, pois impedem que sejam vistos.

2. Evite deixar seus muros ou portões lisos – todos preferem telas brancas para expressar as suas artes: Desenhos, detalhes, texturas e informações costumam não ser atrativos para os praticantes de pichação.

3. A união faz a força – Converse com a vizinhança e elabore estratégias para coibir a prática, revezar-se para que tenha sempre alguém “de olho” é fundamental.





4.  Coloque placas ou sinalizações que indiquem que o local é protegido, como por exemplo: “você está sendo filmado”, por mais que não haja nenhuma câmera, os jovens tendem a ficar preocupados pois a placa desvirtua a ideia de que o local é apropriado.

5. Aposte em cercas ou grades que dificultem a facilidade de chegar ao local.

6. Caso você tenha condições financeiras, aposte em tintas laváveis que não deixam manchas e possibilitam a imediata remoção da pichação.

7. Cubra o muro com plantas; as trepadeiras são uma boa opção.

8. Cães de guarda costumam latir e avisar quando algo não está certo. Se o local é grande, é uma boa escolha. O som dos latidos inibe a prática pois denuncia o ato.

Esperamos que você consiga evitar que esse mal aconteça pois as consequências são desagradáveis e geralmente trazem prejuízo ao proprietário.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *