Dicas de como fazer o seu próprio grafite





Se você pensa que a arte de grafitar é essencialmente das ruas, está muito enganado, essa arte já chegou e conquistou os mais incríveis e reconhecidos designers de interiores.

A técnica é muito comum em ambientes externos e normalmente faz sucesso nos prédios de diversas cidades urbanas, inclusive há muitos talentos conhecidos a nível mundial.

Saber grafitar é uma arte e é bem diferente de pichar. A pichação é crime e como tal deve ser repudiada, há ainda quem confunda e julgue que grafiteiros são do mesmo grupo de pichadores. Se bem que muitos especialistas na arte do grafite iniciaram suas atividades como pichadores, eles desenvolveram o seu conhecimento e buscaram tornar o simples hábito de riscar paredes em algo bem mais lindo e que atualmente é reconhecido como arte.

Agora, grafitar já não é só privilégio destes artistas de rua, mas também é uma técnica que pode ser aperfeiçoada por você.

Você deve estar se perguntando como desenvolver a grafiteira que está dentro de você, não é difícil, no entanto exige empenho e muita paciência porque às vezes no início o resultado não fica como o esperado. Como qualquer técnica, o período inicial pode ser um pouco frustrante, mas isso não pode influenciar você a desistir, persistir é a palavra de honra.

Está muito em moda grafitar as paredes dentro da residência, que tal aprender a grafitar e fazer você mesmo o grafite do seu lar?

Eis aqui o que você precisará para iniciar a atividade: tinta spray das cores desejadas, máscara de proteção (para não inalar os resíduos tóxicos), toalha plástica rendada (para ajudar na hora de criar os desenhos), luvas plásticas de látex. Agora é a hora de usar o material! Inicie pintando com uma cor clara a parede ou o objeto que você gostaria de grafitar. Aguarde a tinta secar, coloque sobre a superfície a ser grafitada a toalha plástica de renda e prenda-a com fita adesiva, coloque a tinta spray mais escura, deixe secar e retire a toalha. Está pronto o seu primeiro grafite!





Agora é soltar a criatividade e ir melhorando os resultados. Boa sorte!

Por Melina Menezes

Quarto de hotel com grafitti pela metade, em Kiev, na Ucrânia. Obra de Pavel Vetrov:

Quarto de Hotel em Kiev, Ucrânia. Obra de Pavel Vetrov.

papel vetrov 2

 



Um comentário sobre “Dicas de como fazer o seu próprio grafite

  1. Suvini vocês sempre inovando e facilitando o nosso trabalho.parabéns gostei.por isso que são à número um…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *